Extrovertidos e introvertidos - parte 1


De forma geral o povo brasileiro é conhecido pelo mundo afora como um povo alegre, descontraído e hospitaleiro. Há também as características negativas como o "jeitinho brasileiro", que não é o objetivo desse post.


pessoas


Extrovertidos

Provavelmente você já reparou que em um grupo familiar ou em um grupo de amigos, a maioria das pessoas gosta de falar. Não só gosta como quer falar. Muitos até interrompem a vez do outro. Mesmo assim, geralmente as conversas ocorrem de forma animada e descontraída.

Há também as fotos nas redes sociais - muitas fotos. Sorrisos, almoços, jantares, festas, passeios, enfim, tudo o que possa mostrar uma vida feliz. Ou aparentemente feliz.

Extrovertidos sentem necessidade de estar com pessoas. Possuem uma facilidade incrível de iniciar conversas com desconhecidos em filas, eventos, enfim, onde for possível - algo impensável aos introvertidos, que só possuem essa habilidade em momentos de muita tensão ou catástrofes - momentos nos quais estar com pessoas proporciona sensação de conforto ou segurança.

Esse grande grupo de pessoas é feliz ao seu modo: está sempre interagindo, gosta de conversar, de estar com pessoas. Por isso, sua rede de contatos é enorme, assim como a diversidade de assuntos abordados.

No mercado de trabalho geralmente são preferidos. Por serem pessoas dinâmicas, conseguem demonstrar mais interesse e ânimo. Dessa forma, acabam se destacando perante os demais candidatos, ainda mais em um mundo corporativo no qual o trabalho em equipe e a interação com os colegas são tão importantes, salvo raras exceções no qual o trabalho individual ou em grupos pequenos são valorizados, como por exemplo pesquisadores, músicos, escritores e cientistas.


pessoa-lendo-com-por-do-sol-ao-fundo

Introvertidos

Se o mercado de trabalho não é favorável aos introvertidos, a vida em sociedade não poderia ser diferente.

Muitas vezes rotulados de esquisitos, desanimados e antissociais, são atentos observadores do mundo que os cerca além de possuírem um mundo interior muito rico - o oposto dos extrovertidos, que costumam buscar o próprio bem-estar no mundo exterior.

Uma pessoa introvertida não sente necessidade de estar com outras pessoas. Na verdade, aprecia a solitude. Até gostam de interação, mas de forma moderada e muito seletiva. Prefere ter poucos, mas bons amigos. 

Em um grupo de amigos ou familiar, é aquela pessoa que nunca - ou quase nunca - fala, mas que está bem atenta a conversa, desde que seja algo de seu interesse. Dependendo do assunto, está presente apenas fisicamente, mas mergulhado em seu rico mundo interior.

A popularização da internet com suas inúmeras e crescentes facilidades e opções é a alegria de muitos introvertidos, que podem fazer compras, pagamentos, investimentos e conversar com amigos sem que haja interação pessoal física. Se para um extrovertido isso é algo muito sem graça e até incompreensível, para o introvertido é algo libertador.


Personalidades diferentes = pensamentos diferentes = vidas diferentes

Assim como o verde não é melhor do que o azul, mas ambos se complementam na grande obra da natureza criada por Deus, extrovertidos e introvertidos são necessários e muito úteis para a manutenção das sociedades ao longo do tempo.

Como você acha que seria um mundo só com extrovertidos?

E um mundo só com introvertidos?

Eu acredito que em ambos os casos as civilizações teriam sido extintas há muito tempo, pois não haveria o equilíbrio necessário.

Todos fazemos parte de um dos dois grupos - alguns com maior intensidade do que outros. Por isso, apesar da grande falta de habilidade em compreender o grupo oposto, o respeito é fundamental para que sejamos uma sociedade mais justa e sábia.


Conclusão

Extrovertidos ou introvertidos, todos precisamos fazer o nosso melhor. Ainda bem que geralmente estamos satisfeitos com essa parte de nossa personalidade, pois as características, qualidades positivas, afinidades e dons dos dois grupos são muito importantes e necessários. Mas nunca devemos querer que as pessoas do outro grupo façam as coisas como nós, pois esse caminho certamente resultará em frustração, já que dessa forma, estamos nos forçando ou forçando outras pessoas a agirem em desacordo com sua própria natureza.


Créditos das imagens: Pixabay



Extrovertidos e introvertidos - parte 1 Extrovertidos e introvertidos - parte 1 Reviewed by Simplicidade e Harmonia on fevereiro 19, 2019 Rating: 5

19 comentários:

  1. Muito interessante essa definição onde nos podemos rever... Uns para mais um dos lados, outros para outro.
    Bjs

    😉 Olhar D'Ouro - bLoG
    😘Olhar D'Ouro - fAcEbOOk
    😍 Olhar D'Ouro – yOutUbE * Visitem & subcrevam

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rui,

      Sempre tendemos para um dos lados, acredito que no meio mesmo não exista ninguém.

      Um bom final de semana!

      Excluir
  2. Muito bom. Introvertido aqui lol !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AA40,

      Bom saber que gostou do meu post. :)
      Talvez a maioria dos blogueiros tenha mais tendência à introversão - posso estar errada, mas tenho essa impressão.

      Um bom final de semana!

      Excluir
  3. Que post lindo e enriquecedor!
    Sou muito introvertida, muito tímida:)
    Meu filho mais velho é minha cópia,( tanto na aparência , quanto na personalidade).
    Meu filho mais novo, já é mais extrovertido. Mas só um pouquinho.
    Posso dizer que ser assim, não é muito fácil.
    Mas se sabemos controlar, tudo fica mais simples.
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Edna,

      Não é fácil mesmo ser introvertido em um mundo que aprecia tanto a comunicação e a desenvoltura. Sei bem como é isso. Mas veja pelo lado bom: quantas invenções e quanta arte é produzida por introvertidos? Há profissões que não seriam nada agradáveis aos extrovertidos e vice-versa. Por isso, ambos são úteis à sociedade.

      Meu irmão mais novo também é mais extrovertido, mas só um pouco, como o seu filho. A gente consegue até mudar um pouco esse lado da personalidade, mas não muito. Mas não vejo como algo ruim, pois um mundo só de introvertidos ou só de extrovertidos seria meio (ou muito) caótico.

      Um bom final de semana!



      Excluir
  4. Ótimo post!

    Pessoas diferentes geram relações complementares. Umas complementam as outras, e todas se integram.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A teoria é essa, mas a prática muitas vezes é bem diferente. Nem sempre há de fato essa integração.

      Excluir
    2. Guilherme,

      O mundo ideal seria esse que descreveu. Pena que como o Anônimo disse, a realidade não é bem assim, pois poucos extrovertidos têm consciência da dificuldade que o introvertido tem para falar algo em um grupo de pessoas, mesmo que sejam poucas pessoas. E como para eles isso é tão natural e fácil, os introvertidos ficam cada vez mais de lado. Muitas vezes são descritos até como desanimados quando na verdade estão até em sua melhor forma no quesito animação.

      Anônimo,
      Agradeço pelo comentário, como eu disse acima, penso da mesma forma.

      Um bom final de semana!

      Excluir
  5. oi

    q tal fazer um post com a lista de livros que mais influenciaram seus pensamentos?

    abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Scant Tales,

      Nunca havia pensado nisso, mas é uma boa sugestão de post, gostei da dica. Vou elaborar algo nesse sentido mais para frente. Mas acho que não seria apenas livros, há muitas palestras na internet como TEDex, Clóvis de Barros Filho, Mário Sérgio Cortella e espirituais que também são muito boas em termos de influências positivas.

      Um bom final de semana!

      Excluir
  6. sempre me achei da turma dos introvertidos. mas pelo que vc listou, tô na duvida.
    gosto de puxar papo com estranho, gosto de conhecer pessoas, gosto de lugares publicos, odeio redes sociais, adoro livros e me contento comigo mesmo....

    existe um modelo híbrido?....rsss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kspov,

      Os extrovertidos gostam muito de fazer essas coisas que citou, como puxar papos com estranhos, conhecer pessoas, estar em locais públicos com muitas pessoas. Sentem necessidade dessa interação física. Já os introvertidos analisam muito mais o ambiente, até por que nem sempre tem a vez e também a coragem de expor seus pensamentos e opiniões.

      O que achei interessante no seu comentário é que você gosta de estar com pessoas e também da solitude - extrovertido não gosta de solitude. Ou está com pessoas, cantando, assobiando, com o rádio ligado, etc. O mundo exterior para ele é muito importante, já para o introvertido, o que mais conta é o mundo interior.

      Talvez você seja um dos poucos sortudos que tem a habilidade de explorar o melhor dos 2 mundos. E se tiver, cultive sempre muito bem essas qualidades, pois parece algo um tanto raro. Pelo menos eu nunca conheci alguém assim.

      Um bom final de semana!

      Excluir
  7. Ao descrever o introvertido parecia que você estava falando de mim! É uma luta constante pra tentar ser mais sociável,nunca sei o que falar para as pessoas, fico meio sem assunto. Admiro quem consegue jogar papo fora por horas. O mundo corporativo é meio cruel com pessoas introvertidas, pois de alguma forma isso inibe o seu crescimento.

    Será que os extrovertidos também sofrem assim?

    Abraços,
    investidorsolitario.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Investidor Solitário,

      Agradeço pelo seu comentário, espero que goste do conteúdo do meu blog.

      "O mundo corporativo é meio cruel com pessoas introvertidas."
      Você disse tudo. Como os extrovertidos são muito sociáveis, acabam se destacando de forma natural. E os introvertidos quando tentam parecer mais sociáveis, muitas vezes tornam-se artificiais, pois isso não faz parte da personalidade.

      A falta de assunto é muito famosa, dá o famoso "branco", sei bem como é isso. "O que eu falo agora?" E quanto mais a gente tenta arrumar assunto, mais nos enrolamos em nossos pensamentos e não falamos nada. Enquanto os extrovertidos conversam horas a fio, na conversa entre dois introvertidos há muitos espaços em branco.

      "Admiro quem consegue jogar papo fora por horas."
      Essa é uma das vantagens de conversar com extrovertidos. A gente não precisa nem se preocupar em encontrar assunto, pois eles encontram para eles e para nós também. Eu fico com um comentário aqui e outro ali, se achar relevante. E principalmente, se houver espaço, pois muitas vezes o assunto já mudou e eu ainda estou pensando no que poderia ter dito para agregar algum valor a mais ao tema.

      Como introvertido você sabe que pensa muito mais antes de falar. E que seu mundo interior é muito rico. E tirando alguns aspectos como o que citou da crueldade do mundo corporativo, acredito que todos nós gostamos dessa característica que temos, seja introvertido ou extrovertido. Claro que gostaríamos de melhorar um pouco, mas sempre mantendo a essência, pois isso faz parte de nossa personalidade.

      "Será que os extrovertidos também sofrem assim?"
      Boa pergunta, eu também gostaria de saber.
      Há algum leitor extrovertido que poderia tirar nossa dúvida?

      Excluir
  8. Mais um post super interessante...
    Eu creio que sou ambas as vertentes... Signo gémeos... os opostos, convivem em mim... :-)
    Introvertidos ou extrovertidos... cada um, será portador de qualidades únicas e valiosas... realmente... ninguém é melhor do que ninguém... se se julgar alguém por esse prisma!
    Adorei o post! Beijinhos
    Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana,

      Qualidades únicas e valiosas - exatamente. Por isso, precisamos aprender a desenvolver o que temos de bom de acordo com nossa personalidade e a tentar melhorar o que não é tão bom assim.

      Um bom final de semana!

      Excluir
  9. Olá!

    Você já leu o livro O poder dos Quietos? Foi nesse livro que pude entender e aceitar a minha personalidade introvertida. Super recomendo a leitura!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Raquel,

      Ainda não li, mas agradeço pela dica.
      Gosto muito do site Introvertidamente. Se não conhece, vale a pena uma visita.

      Boa semana,

      Excluir



Tecnologia do Blogger.