Ainda bem que ficamos cansados!


Você deve ter achado bem estranho o título desse post, mas o que seria de nós se não fosse o cansaço?

Me refiro ao cansaço comum do dia a dia, quando não há problemas de saúde mais sérios por trás desse sintoma.


homem-com-olhos-vermelhos


Encontrando o que não foi procurado

Apesar dos avanços obtidos pela humanidade em muitas áreas, os níveis de exigências, demandas e estresse aumentaram de forma significativa.

Para a maioria das famílias, o estilo de vida também mudou drasticamente: poucos têm o privilégio de almoçar em casa, as relações entre pais e filhos carecem do tempo necessário, crianças têm inúmeras atividades, pois desde cedo é necessário começar a preparação para um futuro no qual haverá muita competição, atividades em excesso e estresse - tudo o que adolescentes, adultos e idosos conhecem bem. Parece até que a cada geração o lugar ao sol fica mais difícil para a maioria das pessoas. Não que antes fosse fácil, mas ao menos parece que havia um equilíbrio maior entre demanda e oferta no mercado de trabalho: por relatos de pessoas mais velhas, conseguir um novo emprego parece que era mais fácil. Se você saísse hoje de um emprego, a chance de conseguir outro em pouco tempo era grande. Além disso, não haviam tantos testes, entrevistas, dinâmicas de grupo, etc.

Para tanta preparação é necessário estudar muito. E para a maioria das pessoas, trabalhar para pagar os estudos. E entre estudo e trabalho, ter alguns momentos para recreação e lazer.

O problema é que a sociedade atual, que foi em busca de mais dinheiro para poder comprar mais coisas - muitas desnecessárias - acabou conquistando também alguns "brindes" indesejados como estresse, doenças e cansaço.



O cansaço de cada dia

Além do excesso de atividades diárias, a conectividade praticamente ininterrupta através de smartphones tem ajudado a tornar as pessoas mais cansadas. A luz azul e os estímulos sensoriais provenientes dos aparelhos eletrônicos têm deixado as pessoas acordadas por mais tempo, pouco alertas e bem cansadas. Mas quem prefere dar atenção aos sinais emitidos pelo próprio corpo em vez de fazer um passeio, assistir um filme ou estar online nas redes sociais?


Dormir = perda de tempo

Na sociedade atual essa premissa ainda é muito forte, mesmo com evidências e comprovações científicas cada vez mais claras sobre a importância do sono.

O problema é que não descansar de forma adequada hoje significará problemas de saúde no futuro, com maior ou menor intensidade. Assim como ocorre com o cartão de crédito, a fatura algum dia virá. Inevitavelmente.

Você já reparou que quando não dorme o suficiente ou quando o sono é de má qualidade - com interrupções frequentes - no dia seguinte seu corpo está diferente, você se sente cansado, com raciocínio mais lento, sem disposição e não vê a hora de chegar o momento de descanso?

Por isso, volto ao título do post: ainda bem que ficamos cansados! É o cansaço que coloca um "freio" nos excessos de atividades humanas.  De modo geral, é necessário equilíbrio e sabedoria para distinguir o que realmente interessa, pois o mundo está repleto de ilusões para todos os gostos. Seguindo esse raciocínio, o cansaço poderia até ser considerado uma dádiva, pois além de proporcionar o descanso necessário para a recuperação do corpo e da mente, nos obriga a optar pelo essencial repouso diário adequado ou pela subtração de algumas - ou várias - horas desse repouso, mesmo com a consciência de que no dia seguinte nós não "funcionaremos" tão bem quanto gostaríamos e que uma parte desse dano é cumulativo.


emoticon-com-touca-pronto-para-dormir
Conclusão

Em um mundo tão agitado, a mente parece não querer parar nunca. Mas o corpo quer. E precisa!

Da próxima vez em que se sentir cansado, não veja isso como algo negativo. Lembre-se de que o descanso é necessário para a restauração e manutenção da saúde física e mental, a neutralização dos excessos cometidos durante o dia, a clareza mental, a normalização do apetite entre outras atividades importantes. 

Seu corpo está "apenas" indicando que precisa de uma pausa para que consiga funcionar plenamente. Da próxima vez que se sentir assim, seja grato por ter conseguido ouvi-lo. Sua saúde agradece.


Créditos das imagens: 
Pixabay

Referências:

Luz azul faz o olho atacar a si mesmo e agora sabemos por quê
Descubra a quantidade de sono ideal para sua faixa etária
A importância do sono: quanto menos você dorme, mais seu cérebro envelhece


Ainda bem que ficamos cansados! Ainda bem que ficamos cansados! Reviewed by Simplicidade e Harmonia on fevereiro 12, 2019 Rating: 5

23 comentários:

  1. Que bom quando respeitamos o cansaço!!! Por vezes abusamos e não o fizemos. Ótimo texto, tema e as imagens um amor! bjs, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rejane,
      Respeitar o cansaço é muito importante para a manutenção da saúde. Abusar de vez em quando até dá, mas sempre acabará sendo um grande problema no futuro.
      A saúde é semelhante a um cartão de crédito: uma hora a fatura chega.
      Bom saber que gostou do meu post. :)

      Excluir
  2. Bom dia, querida amiga Rosana!
    Eu opto por relaxar e intercalar atividades físicas, mentais e prazerosas...
    Não gosto de pressas nem de correria.
    Felicidades e bênçãos para você!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem
    😘😘😘

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Roselia,

      Boa sugestão: alternar atividades físicas e mentais que são agradáveis à você. Até porque, nada pior do que fazermos algo que não gostamos, não é?
      Sou como você: pressa e correria não são do meu agrado.

      Boa semana!

      Excluir
  3. Sou suspeito a falar. As vezes vou sabotando o cansaço para o dia "render mais". Doce ilusão...

    A insônia ama essa atitude. Hoje sei bem disso.

    Boa semana Rosana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Investidor Inglês,

      É uma grande ilusão mesmo, pois no final, as coisas não rendem como deveriam. Por isso, acredito que precisamos aprender a priorizar.
      Gostei de ver que você já entendeu isso, pois vejo até pessoas na terceira idade que ainda insistem em dizer que dormir é perda de tempo.

      Boa semana para você também!

      Excluir
  4. Imagina você saber que praticamente só tem uma chance de melhorar de vida?

    Estou passando por isso. Se preparar para ENEM é uma das coisas mais complexas e complicadas que existem, principalmente se você não teve acesso a boa educação, é pobre e tem depressão.

    Sempre estou na blogosfera vendo as dicas, os conselhos dos outros, mas, a sensação de impotência e insignificância perante ao mundo é forte.

    futuramenterico.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Futuramente Rico,

      Agradeço por seu comentário, espero que meu blog seja útil à você de alguma forma.
      Sugiro à você ler os posts do Frugal Simples, iniciando pelo link abaixo. Acredito que possam ser muito úteis à você.
      Frugal Simples - Biografia do autor do blog

      Desejo-lhe sucesso!

      Excluir
  5. Penso que sair da rotina, evitar o sedentarismo é uma boa ajuda, mas entendo que nem sempre é fácil...
    Bjs

    Olhar D'Ouro - bLoG
    Olhar D'Ouro - fAcEbOOk
    Olhar D'Ouro – yOutUbE * Visitem & subcrevam

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rui,

      Suas duas dicas são simples, mas muito eficazes, embora não tão fáceis de colocar em prática muitas vezes. Mas vale a pena, acho que talvez seja uma questão de prioridades.

      Boa semana!

      Excluir
  6. Rosana querida,
    ouve um tempo, no qual eu não respeitava meu cansaço. Não por teimosia,
    mas pelo fato de realmente eu não poder descansar. Não tinha com quem dividir
    os problemas e o resultado já viu, né!?
    Mesmo quando eu dançava, depois de umas doze ou treze horas de uma rotina longa de trabalho
    estressante e muita preocupação, meu corpo não relaxava.
    Não respeitei(Não por vontade própria), os avisos do meu organismo pedido socorro, então deu "ruim", como diz meu filho Lucas.
    Recuperar a saúde, não é fácil!

    Devemos realmente escutar nosso corpo e nossa mente.

    Amei o texto.
    Beijo, Deus esteja com você.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Edna,

      Infelizmente seu relato retrata bem a realidade brasileira. Vivemos em uma sociedade que apresenta muito estresse, tristeza, ansiedade, depressão acrescidos de cargas horárias extensa, estressantes e salários baixos para a maioria. Mas mesmo em meio a esse caos, a melhor coisa é tentar relaxar um pouco. Não é fácil, muito pelo contrário, mas necessário, para o nosso próprio bem. Muitas vezes o corpo já está gritando e nem percebemos seus avisos anteriores. Perder a saúde é muito fácil, mas recuperá-la muitas vezes chega a ser até impossível.

      No último ano 2 blogueiros que acompanho passaram mal a ponto de parar em hospitais e um morreu. E são pessoas jovens. Há algo de muito errado em tudo isso...
      Viver um dia de cada vez - é isso o que estou tentando colocar em prática na minha vida. Mas não é fácil.

      Bom saber que gostou do meu post. :)

      Excluir
    2. Há quatro anos fui a beira da morte, durante um ano, só caminhava amparada
      pelos meus filhos. Quase não tinha voz, tanto que nem conseguia escovar os dentes ou fazer a
      mais simples tarefa. Resultado de sofrimento guardados somados a muito trabalho e preocupação.
      Diagnóstico; Depressão profunda, TAG, Síndrome aguda do Pânico e tanatofobia. Também tive uma pequena regurgitação mitral.
      De lá pra cá, só medicamentos e acompanhamento médico.
      vou melhorando, um dia de cada vez.
      Beijo:)

      Excluir
    3. Edna,

      Espero que você consiga recuperar a saúde de antes.

      Com tantos problemas de ordem psicológica causado pelo estresse devido ao trabalho e preocupações, o corpo não aguenta mesmo, mas felizmente foi uma pequena regurgitação mitral, embora quando se fale em coração a gente fica mais preocupado, não é? Você conseguiu reverter essa parte? Espero que sim. E mesmo que ainda não tenha conseguido, com a alimentação mais natural que costuma ter, pode ser uma questão de tempo, uma recuperação mais lenta.

      Eu ainda não conhecia o termo tanatofobia. Conseguiu se livrar dela? Todas as fobias são ruins, mas essa parece ser uma das mais intensas, pois se relaciona exatamente com o que o corpo e a mente querem evitar a todo custo. Será que ela não teve relação com o problema na válvula mitral?

      Quando falei acima sobre os blogueiros, esqueci de me incluir na lista. Em 2017 também fui parar no pronto socorro por me sentir muito mal, o coração estava descontroladamente acelerado, 110, 130 bpm em repouso não é normal e assusta muito. A sugestão - não do médico, mas que eu já sabia - era respirar profundamente. Mas quem consegue controlar a ansiedade e os pensamentos e ainda respirar de forma calma em momentos assim? No hospital, depois da longa espera de 15 minutos, que é demais para quem está nesse estado, o médico receitou algumas injeções, fez exames de sangue, mas nada além disso. Não conseguiu encontrar uma explicação, como acontece muitas vezes por aí.

      No ano passado aconteceu o contrário: eu acordei durante à noite suando e com uma tontura intensa, mas dessa vez o coração estava diminuindo os batimentos... Não sei qual das duas foi a pior, mas nessa segunda pensei que fosse mesmo morrer. Comi uma fruta, caminhei e me alonguei um pouco e fui deitar de novo. E então fui voltando ao normal.

      Os exames médicos sempre estão dentro da normalidade - ainda bem, mas o que causa tudo isso é o excesso de estresse, preocupação, ansiedade tão comuns na vida moderna.

      Onde a sociedade vai parar dessa forma? Fica a questão...

      Excluir
    4. Oi Rosana,
      bom saber que você está conseguindo se cuidar, e que nada de mais grave foi encontrado em seus exames.

      Infelizmente não tem como regredir a regurgitação mitral, mas ela está estabilizada.
      Sobre a tanatofobia, é a pior das fobias, pois ela trás junto todas as outras fobias.
      Infelizmente não existe a cura, assim como na Síndrome aguda do Pânico, temos que estar sempre
      alertas em tratamento.É realmente o pior que me acontece. Até mesmo a depressão profunda, para mim foi mais fácil de aceitar e administrar. A tanatofobia é algo incapacitante.
      Mas, sei que não posso me entregar nem desistir. Então, levanto, faço orações a todo momento, tomo os medicamentos corretamente, rio, brinco...tento viver normalmente, pois é assim que se vence algo tão angustiante.
      Não vou a velórios, enterros, se precisar passar perto de cemitérios, sinto mal a ponto de ter tonturas.
      Não posso nem ver comerciais de funerária. Rsrs, vê se é fácil viver assim!!?
      Antes, tudo era tranquilo para mim. Eu era uma pessoa forte, serena...
      Mas creio que um dia tudo voltará ao normal.

      Beijo, que Deus cuide sempre de você.

      Excluir
    5. Edna,

      Pelo menos a regurgitação mitral está estabilizada. Isso já é uma notícia muito boa. :)

      Não consigo sequer imaginar o que é viver com tanatofobia, pois é muito limitante mesmo, mas acredito que com o tratamento você irá melhorar.

      Se você era uma pessoa forte e serena, seu cérebro já possui as sinapses para isso, bastaria você conseguir voltar a utilizá-las. Se é fácil? Não, mas necessário e acredito que o tratamento irá te ajudar muito nessa questão.

      Algo muito importante você tem, pois disse: "Mas creio que um dia tudo voltará ao normal."
      Acreditar é fundamental. Parabéns por conseguir ser assim. Como eu disse acima, suas sinapses são voltadas para o bem, para otimismo e apesar dos contratempos, acredito que logo estarão novamente ativas em sua vida. Me lembrei agora das fotos da sua casa, da pintura, tudo muito simples, bonito e de bom gosto. Você é forte. E acredito que sabe disso.

      Um bom final de semana!

      Excluir
    6. Obrigada Rosana.
      Se ainda sou forte, não sei.
      Mas sei que tenho fé e não fico parada esperando que chegue um milagre.
      Estou em constante oração, mas não fico esperando o milagre, faço minha parte, me cuido,
      e agradeço por estar aqui; viva.
      O que por si só, já é um milagre.
      Beijo, Deus cuide de você.

      Excluir
  7. A luz que brilha duas vezes mais forte queima na metade do tempo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que frase, Scant Tales! Pura sabedoria. :)
      Vou guardá-la para futura publicação aqui no blog.

      Excluir
  8. Um post com uma temática bastante pertinente... pois é um assunto cada vez mais na ordem do dia... a falta de descanso... e todo um manancial de consequências a vários níveis, que tal pode implicar...
    Beijinho! Feliz fim de semana!
    Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana,

      É uma pena a falta de descanso fazer cada vez mais parte da sociedade. Dormir não é perda de tempo como muitos ainda pensam, muito pelo contrário. O sono reparador proporciona saúde e evita muitos aborrecimentos atuais e futuros.

      Um feliz final de semana para você também!

      Excluir
  9. Ainda bem e sempre devemos
    agradecer, pois é ess cansaço que
    nos refaz para novas
    vivencias.
    Bjins de sexta feira
    CatiahoAlc. do Blog Espelhando
    http://frasesemreflexos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Reflexos Espelhando Espalhando Amigos,

      Devemos mesmo agradecer, pois o que seria de nós sem o cansaço e o sono reparador?

      Um bom final de semana!

      Excluir



Tecnologia do Blogger.