Claramente


Nossa vida é basicamente pautada por 3 aspectos:

1) Cognição - o que pensamos.
2) Afeição - nossas emoções.
3) Volição - a ação tomada após vivenciarmos os aspectos anteriores (separados ou em conjunto).

Quantas vezes nos deixamos dominar pelas emoções?
Quantas vezes conseguimos agir racionalmente, de forma coerente e que nos proporcione satisfação?
Frase-Conhece-te-a-ti-mesmo
Domínio próprio - expressão tão conhecida, mas que poucos conseguem colocar em prática de maneira eficaz na maior parte do tempo, principalmente nos relacionamentos mais íntimos.

Fiz essa breve introdução com temas abordados no programa Claramente (página no YouTube) para apresentar-lhes essa série que estreou em abril desse ano.

Nos primeiros capítulos, o psiquiatra Dr. César Vasconcellos fala sobre o funcionamento da mente. Após isso, aborda alguns conceitos, transtornos e doenças mentais como ansiedade, depressão, neurose, transtorno obsessivo-compulsivo e inteligência emocional.

Um dos aspectos que mais gostei é a abordagem conjunta entre corpo, mente e espírito, mostrando o quanto um influencia o outro. É o primeiro programa do gênero que assisti, que leva em conta também o lado espiritual - de forma branda, já que o objetivo é a saúde mental.

Cada capítulo possui aproximadamente 25 minutos. Abaixo está o primeiro capítulo. Os próximos outros você encontra aqui.

 

Tenho aprendido muitas coisas novas, interessantes e úteis nesse programa. Espero que também sejam úteis à vocês.


Até a próxima!

Comentários

  1. Acredito que lidar bem com o binômio razão x emoção seja o caminho para viver bem, em harmonia com a saúde mental. Muitos de nossos desafios, e por que não, sofrimentos e dificuldades provém desse desequilíbrio.

    Trazer pessoas que não usam preferencialmente a razão à vida real torna-se especialmente difícil, pois justamente porque elas estão dominadas pela emoção quando precisam da razão para entender conceitos "racionais"...

    É um grande e necessário debate... mas que acaba sendo distorcido justamente por causa da... emoção rsrsr Um círculo vicioso difícil de quebrar...

    Excelentes reflexões! Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. André,

      Muitas vezes queremos ser mais racionais, mas a emoção predomina quase que de forma perene. Por isso acho que conhecermos melhor a nós mesmos facilita um pouco esse processo.

      "Muitos de nossos desafios, e por que não, sofrimentos e dificuldades provém desse desequilíbrio."
      Arrisco dizer que talvez a maioria de nossos sofrimentos esteja relacionado a esse desequilíbrio tão intenso que vivemos desde os primeiros até os últimos anos de nossas vidas.

      Abraços,

      Excluir
  2. Muito interessante Rosana! Vou assistir!

    Ah, já leu o livro "O Poder do Hábito"?

    Tenha uma boa semana! Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Investidor Inglês,

      Comprei exatamente esse livro na semana passada, estou esperando a entrega. Por tudo o que li sobre ele até agora, parece ser muito bom. De qualquer forma, agradeço pela dica.

      Os vídeos são ótimos, estou aprendendo muito com o Dr. César Vasconcellos. Acho que você vai gostar.

      Desejo-lhe boa sorte no aprendizado de alemão! Vi seu recente post sobre a técnica pomodoro. Gosto muito dela, pois nos mantém focados. E mesmo quando estamos no tempo de "pausa" com algo não tão útil, acabamos nos disciplinando melhor e tendo mais consciência de quantas vezes mais naufragamos do que navegamos na internet.

      Boa semana!

      Excluir

Postar um comentário


© 2019 Simplicidade e Harmonia - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total desta obra e permitida a reprodução parcial desde que citada a fonte.