Um conjunto admirável de qualidades

Amizade.

Motivação.

Fidelidade.

Companheirismo.

Trabalho em equipe.

Força de vontade.

Ânimo.

Bom humor.

Gratidão.

Não é muito comum que todas as características positivas acima sejam encontradas em uma única pessoa de convívio muito próximo.

Sempre haverá uma ou outra dessas características ausentes. A vantagem é a possibilidade de desenvolver tais virtudes de forma a tornar-se uma pessoa melhor.

Mas o objetivo desse post não é falar sobre pessoas e sim sobre cães.

Quem acompanha o meu blog sabe que os considero seres incríveis e admiráveis. Acredito que temos muito a aprender com os animais de forma geral, mas especialmente com os animais domésticos que convivem conosco. E como convivo com cães desde que nasci, é sobre eles que posso falar.


Amigos para todos os momentos

Os cães gostam da companhia humana. Estão por perto da maior parte do tempo. Sentem-se bem assim.

Não importa se você acabou de acordar, se está mal vestido, com o cabelo despenteado... Eles só querem estar presentes ao seu lado.

Para eles, importa quem você é. O que você tem, não.

Se você estiver angustiado ou triste, ficarão mais perto ainda. Querem te alegrar, querem te ver bem, te ver feliz. Se pudessem falar, acredito que falariam palavras de ânimo, coragem, força, motivação e esperança.


O auge da felicidade diária

Quando você chega em casa, te recebem com muita empolgação e alegria. E querem te agradar de todas as maneiras possíveis para eles.

E quando você chega cansado ou irritado, muitos cães sabem que naquele dia não será muito adequado receber você com tanta alegria. Mas ficam te observado meio de longe e quando seus olhares se cruzam, sorriem compreensivos com o seu momento.

Quando você se acalma um pouco, o que querem é estar ao seu lado. Querem ajudar a aliviar o sofrimento. Querem te ver bem.


Fidelidade 100%

A fidelidade dos cães é admirável.

No momento em que você precisar, eles estão dispostos a ajudar.

Se um dos cães passar mal ou estiver em dificuldades, muitas vezes o outro irá ajudá-lo ou avisará a pessoa mais próxima de que algo está errado e que é necessário agir.

E não importa o horário: durante o dia ou de madrugada. Como seu sono é mais leve, acordam rápido. E com disposição para verificar o que está acontecendo de errado.


Viver o momento presente

Quando você está passeando ou brincando com seu cachorro, pode ter certeza de que ele está vivendo o momento presente da forma mais intensa e proveitosa possível.

Enquanto isso, é bem provável que você esteja pensando em mil coisas, encadeando pensamentos e ideias em sequência.

Geralmente não vivemos o momento presente. Muito pelo contrário, alternamos entre passado e futuro, mas quase nunca estamos realmente presentes no agora, que na realidade é o único momento que temos de verdade.


pessoa-pensando-em-muitas-coisas-e-cachorro-pensando-somente-nas-arvores-que-estava-vendo


Confiança

Até nos piores momentos, eles confiam em você.

Na hora de fazer um exame, tomar um medicamento ou injeção, eles confiam. Se não fosse assim, caso se sentissem maltratados ou ameaçados, na primeira oportunidade fugiriam.

Infelizmente já vi isso acontecer. Digo infelizmente, pois o tutor não foi capaz de suprir o essencial aos cães. No caso, a segurança de cães menores que foram atacados por outro muito maior do que eles sem que o dono tomasse uma atitude eficiente. Um dos cães morreu no ataque e o outro fugiu.

São tão poucas coisas que os cães necessitam! E o bom senso de proporcionar um ambiente seguro é uma dessas necessidades básicas.

Cães dão trabalho?

Sim.

Há um custo financeiro?

Sem dúvida. Mas eles não precisam de muito para terem uma vida feliz.


Uma história que me tocou profundamente

Um cachorro de meia idade estava em uma campanha de castração. Ele estava meio sujo, morava na rua.  

No momento em que tomava a injeção com o pré-anestésico, começou a abanar a cauda e tinha um semblante de gratidão. É bem provável que não recebesse carinhos e cuidados há muito tempo. E o pequeno e rápido contato humano fez muito bem à ele. Como eu disse acima, os cães não precisam de muito para terem uma vida feliz.


Temos muito a aprender com os cães

A humanidade está cada vez mais carente de sabedoria.

A modernidade proporcionou muitas vantagens, mas muitos valores, bons hábitos e virtudes foram deixadas para segundo plano. 

Precisamos resgatar e praticar algumas virtudes caninas, como:

- Disponibilidade.

- Fidelidade e autenticidade nos relacionamentos mais importantes.

- Saber ouvir nos momentos em que um amigo querido necessita.

- Momentos de alegria durante o dia, seja através do contato com a natureza, exercício físico como caminhar, andar de bicicleta ou fazer uma atividade tranquila e relaxante como admirar o por do sol, ler um livro ou brincar com cães.

- Viver o momento presente de forma plena e intensa.

- Ser uma pessoa confiável, agir com decência e não falar mal dos outros.

Temos muito a aprender com os cães. Basta estarmos dispostos. 

Finalizando

Encerro esse post com uma reflexão que havia postado aqui no blog em 2017 e que faz muito sentido para mim.

Ah, os cães!

Só quem os têm ao seu lado sabe como são criaturas especiais, tão importantes auxiliadores da harmonia e equilíbrio diários.

Eles nos dão muito, muito mais do que merecemos e não pedem absolutamente nada em troca.

Temos muito, muito mesmo a aprender com eles.

Cães

Os cães são nosso elo com o paraíso. Eles não sabem o que é maldade, inveja ou insatisfação. Sentar-se numa colina ao lado de um cão numa tarde maravilhosa, é estar de volta ao Éden, onde não fazer nada não era tédio - era paz. Milan Kundera

Créditos da imagem: Despertar Coletivo e Bill Perry - Free Digital Photos


Um conjunto admirável de qualidades Um conjunto admirável de qualidades Reviewed by Simplicidade e Harmonia on junho 23, 2020 Rating: 5

15 comentários:

  1. Boa tarde. Nos humanos precisamos aprender um pouco dessas qualidades com os cães. Elas nos fazem Muita falta nos nossos dias atuais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E como essas qualidades fazem falta, Luiz... O que vemos à nossa volta diz muito sobre isso.

      Agradeço por sua visita.
      Espero que goste do conteúdo do meu blog. :)

      Boa semana!

      Excluir
  2. Respostas
    1. Fico feliz em saber que gostou tanto do meu post, Rodrigo!

      Boa semana,


      Excluir
  3. Bom fim de noite Rosana!
    Como viu na minha postagem falo desta falta de amor aos animais em geral nesta pandemia.
    Eu que os tive posso assinar esta postagem. O seres humanos tem muito a aprender com os cães em particular pela inteligencia evoluída destes. Não são raros os filmes de ações destes que poderiam ser de humanos e não são.
    Para ilustrar repito aqui uma piada brincadeira que rola pelas redes:
    - Prenda um cachorro no porta-malas de um carro e uma mulher no outro, Depois abra os dois ao mesmo tempo e veja os comportamentos.
    Bem assim amiga, a fidelidade deles é imensurável.
    Ainda temos aquele filme do vigilante e o cão que o seguia no trem todos os dias.
    Temos casos de cães que sabendo da morte de seu dono ficavam na porta do cemiterio até a morte, mesmo sendo cuidados pelos funcionários do cemitério. Enfim são muitos casos e causos destes, que ilustram a companhia fiel.
    Boa postagem amiga.
    Carinhoso abraço de paz e luz.
    Cuide-se bem aí.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Toninho,

      Triste ver quantos cães têm sido abandonados durante essa pandemia. Se já não está fácil para nós, imagine para eles que não têm consciência do que está acontecendo...

      A fidelidade canina é mesmo imensurável.
      Os exemplos que citou ilustram bem essa questão. Temos muito, muito a aprender com eles.

      Bom saber que gostou do meu post. :)

      Abraços de paz e luz à você também!

      Excluir
  4. Olá Rosana
    Os animais são lindos. Tenho uma cadelinha chamada Nina, ela é um amor, muito alegre e diverte os nossos dias, bela postagem, amei. Postei no dia 12 de maio sobre os animais da minha família, se você desejar passa lá para ler. Bjs querida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lucinalva,

      Belas imagens no seu post!
      A Nina é muito bonita. A felicidade deles é imensa quando estão conosco. A carinha dela na foto mostra bem isso.

      Penso como você: os animais tornam nossa vida mais feliz. E também mais leve.
      Com eles, aprendemos o que é realmente importante.

      Boa semana!

      Excluir
  5. Oi Rosana.
    Assim como você, também sou um apaixonado por estes anjos (que chamamos de cães). As qualidades e valores que eles carregam (de fábrica) são admiráveis.
    Se você notar bem, é algo incrível. Pois eles mesmo sem receber uma "educação" específica (vide seu exemplo do cão de rua), já vem "programados" com todas essas características.
    Ótimo post.
    Um grande abraço.
    Stark.
    www.acumuladorcompulsivo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Stark,

      Gostei do "programados". Os cães possuem mesmo qualidades e valores admiráveis. Temos muito a aprender com eles.

      Agradeço pela inclusão no meu blog em seu blogroll! Já coloquei o seu aqui também.

      "Adoro seu trabalho, Rosana."
      Que legal, fico feliz em saber!
      Isso me motiva a sempre procurar fazer o meu melhor aqui.

      Boa semana!

      Excluir
  6. Acabei de incluir seu blog na minha blogroll. Já acompanho há um bom tempo, mas não costumo comentar tanto.
    Adoro seu trabalho, Rosana.
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  7. Olá,

    Que post gostoso de ler. Meus pais sempre tiveram cães, mas eu sempre tive um pouco de receio, por ter sido mordida, ainda criança, por um cão na rua.
    Hoje, minha filha tem uma linda cachorra, a Arizona, que é uma menina muito brincalhona e com ela faço farra sem medo.
    Enquanto ia lendo seu post, era no olhar dela que eu pensava, na alegria com que ela me recebe quando me vê chegar.
    Realmente eles nos dão carinho sem desejar outra coisa que não seja um afago.
    Temos muito que aprender com os animais, com a natureza.

    Gostei de passar por aqui.

    Um abraço,
    Sônia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sônia,

      Essas coisas na infância marcam a vida mesmo, mas ainda bem que conseguiu superar e hoje brinca bastante com a Arizona.

      Eles sempre nos recebem com tanta alegria, com tanta intensidade, não é? São momentos únicos e especiais para eles. E podem ser também para nós.

      Agradeço por sua visita! Espero que goste do conteúdo do meu blog. :)

      Boa semana,

      Excluir
  8. Excelente texto, Rosana!

    Quem diria que fossem os cães a trazer mais humanidade para os próprios seres humanos!

    ResponderExcluir



Tecnologia do Blogger.